VAMOS APRIMORAR NOSSA RECICLAGEM?

VAMOS APRIMORAR NOSSA RECICLAGEM?

A gestão exemplar dos nossos resíduos sólidos é nossa prioridade. Aqui no Sertão, nós não separamos cada tipo de material reciclável , reunimos todo o lixo seco em um saco separado que é retirado na lixeira da sua casa
pela SASU e estocado provisoriamente até a retira da pela Coleta Domiciliar Seletiva, realizada p ela Prefeitura de São Sebastião.

Nossos associados entraram em contato a COOPERSUS, cooperativa de reciclagem de resíduos sólidos situada em São Sebastião , e obtiveram algumas orientações sobre o que é e o que não reciclado por eles. Vejam:

PLÁSTICOS: embalagens de produtos de limpeza em geral, refrigerantes, sucos, iogurte, bolo transparente

PAPEL: Papelão, revistas, jornais, sacolas, embalagem de pizza

METAIS: todo tipo de lata (bebidas, enlatados), metal, ferro, alumínio

VIDROS: Garrafas, potes de conserva, todo tipo de vidro comum

Plásticos de embalagem de roupa, Pacotes de bolacha, café, macarrão e miojo.

Refratários, louça, cerâmica e vidros temperados.

Sucatas, móveis e eletrodomésticos velhos e resíduos da construção civil.

Em hipótese nenhuma estes resíduos devem ser colocados na nossa lixeira central!

É responsabilidade de cada um alugar uma caçamba, ligar para um Cata Treco ou levar até um Ecoponto que aceite este tipo de resíduo.


Nossos associados compartilharam algumas informações e links que gostaríamos de disponibilizar a todos. Cliquem nas 3 imagens a baixo e vejam este folder abaixo da prefeitura de São Sebastião Aproveitem e não esqueçam de praticar a compostagem!


COMPOSTAGEM: PRATIQUE!

Como sabemos, a gestão do lixo é um tema central no controle do impacto ambiental. É um assunto complexo, que precisa ser encarado com seriedade e rigor por parte de quem se preocupa com o meio-ambiente, o que certamente é o caso de todos que estão aqui.

Nesse sentido, a nova diretoria da SASU está estudando uma série de medidas para melhorar a gestão do lixo no sertão, que passam por: reforma da lixeira, orientação para o descarte correto dos vários tipos de lixo, reciclagem, colocação de lixeiras e comunicação visual na entrada das trilhas e portaria etc.

Uma dessas medidas, tão simples quanto importante, é incentivar os proprietários, inquilinos, caseiros e funcionários a fazer a compostagem de seus resíduos orgânicos. Isso resultará numa diminuição substancial do volume de lixo nas lixeiras do condomínio e ajudará os jardins, hortas e canteiros a ficar ainda mais bonitos e saudáveis.

Num lugar como esse, há várias alternativas para se fazer compostagem e nenhuma delas é complicada. Para ajudar a todos a colocar isso em prática, seguem aqui alguns links com ideias e métodos possíveis:

Em breve organizaremos uma oficina online sobre como montar uma composteira doméstica, conduzida pela Ana Salles, agrônoma, filha do associado Cassiano


BEM-VINDO AO SERTÃO DO UNA

BEM-VINDO AO SERTÃO DO UNA

NO CHÃO, APENAS PEGADAS

É papel de todos zelar pela limpeza das estradas,
trilhas, poções, rios e mata!

Ao ver qualquer vestígio de lixo pelo caminho, por favor, recolha e coloque em local adequado.

DEVAGAR NAS ESTRADAS

Trafegue no máximo a 30km/h!

Crianças, esportistas e os animais têm prioridade!

RESPEITE A BIODIVERSIDADE

As plantas adoram este lugar! Deixe
as aqui.

Não retire bromélias, orquídeas de seu habitat!

COLABORE COM O SILÊNCIO

Os pássaros apreciam o silêncio da mata, por isso, principalmente após as 23h, não faça barulho!

Ouça sua música em volume adequado, nunca solte rojões e nos finais de semana e feriados cuide para que o barulho não exceda ao som de uma furadeira elétrica.

ATENÇÃO AOS PETS

Em áreas comuns, mantenha seu animal de estimação sob controle.

Respeite a liberdade de todos de ir e vir com segurança.

EVITE ALIMENTAR OS ANIMAIS

A natureza provê o alimento de aves e outros animais.

Alimentos processados podem matá-los.

CUIDADO AONDE TOCA E PISA

Este é o habitat de cobras e aranhas. Cuidado ao
circular pelas trilhas e não os mate!

Se acontecer algum acidente com animal peçonhento procure o Pronto Socorro de Boissucanga.

PRESERVE OS POÇÕES

Picnics e churrascos não combinam com nossos
poções e prainhas!

Não são permitidos, ok!

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA:                 ÚLTIMAS NOTÍCIAS (abril/21)

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA: ÚLTIMAS NOTÍCIAS (abril/21)

Os trabalhos técnicos referentes ao processo de REURB estão sendo desenvolvidos em duas frentes:

Levantamentos Topográficos

Responsável técnico: Michel Terra

CREA 5070642628

58% dos trabalhos concluídos

Laudos Urbanísticos e Ambientais

Responsável técnico Rodrigo Barrios

CAU A56943-7

50 % dos Trabalhos Concluídos

Ao longo do mês de maio todos os levantamentos de campo estarão concluídos e até julho de 2021 teremos os documentos formatados e preparados para dar entrada na prefeitura. No início de abril, em 06/04/21 os integrantes do Grupo de Trabalho da REURB da SASU: José Luís Nadai, Felipe Pinheiro e Fernando Quintino se reuniram com o Hector Barrios, integrante da equipe do Rodrigo Barrios, e com o consultor ambiental e urbanístico, Gustavo Faria, para tratar da evolução dos trabalhos pertinentes à regularização fundiária da ocupação de lotes consolidada na Fazenda Abras do Una.

Nesta ocasião, o Hector relatou que teve reunião, na mesma data, com o Alexandre Ibanhez, Diretor de Regularização Fundiária da Prefeitura de São Sebastião, ocasião em que as particularidades de ocupação da Fazenda Abras do Una foram debatidas. Considerando que há:

  • descontinuidade entre os conjuntos de lotes,
  • a existência de posses rurais e de imóveis recém usucapidos e matriculados, de natureza urbana e rural, entremeados na ocupação e, ainda
  • a existência de imóveis que dependem da travessia da Fazenda Abras do Una para serem acessados.

O representante das PMSS indicou que, por conta dessas características, a solução de um condomínio que envolva todo o território de lotes estaria prejudicada. As análises preliminares do corpo técnico da prefeitura indicam que o melhor caminho para a evolução do processo seria migrar para a formação de vários condomínios ou a formação de loteamento de quadras.

Nesta mesma reunião, Hector informou que o representante da Prefeitura orientou para a ingressarmos com um requerimento de Certidões de Diretrizes para cada uma das quadras existentes, o que foi feito no início da última semana. Estamos aguardando a resposta da Prefeitura em relação a essas solicitações para que tenhamos um posicionamento acerca das diretrizes pretendidas para organização da nossa área.

Informamos também que, em paralelo a este processo e independente do caminho de regularização dos lotes, a SASU está empenhada em formalizar a permanência da atual portaria, contribuindo para a manutenção da qualidade da nossa vizinhança e preservação do Sertão do Una. Estamos estudando as alternativas legais para formalizar a autorização para que a portaria seja mantida.

Vale compartilhar com os associados que, em 01/04/21, a SASU formalizou com os herdeiros do Cassiano Aguiar o contrato de comodato que nos outorga o direito de uso da área da portaria, conferindo segurança jurídica à SASU.
Reiteramos que a Diretoria da SASU está empenhada em viabilizar a solução que atenda aos interesses de nossos associados e que esteja em sintonia com os caminhos legais existentes. Ressaltamos que estamos sempre disponíveis para sanar dúvidas e esclarecimentos de seus associados, através do email: sasudiretoria@gmail.com.

Em Gestão ambiental o foco principal é o gerenciamento dos resíduos sólidos (lixo). Para o programa de Comunicação, estamos revitalizando o site para termos uma área segura para colocar documentos de interesse coletivo. A profissionalização vem sendo debatida em conjunto com o andamento da regularização fundiária, porém, a prioridade é encontrar mecanismos de aumentar a receita: a SASU, hoje, opera no vermelho. A seguir, apresentamos as prioridades elegidas.


PRESERVAÇÃO DA NATUREZA:                 SEU INTERESSE, NOSSO COMPROMISSO.

PRESERVAÇÃO DA NATUREZA: SEU INTERESSE, NOSSO COMPROMISSO.

Temos testemunhado a crescente preocupação com a Gestão Ambiental entre nossos associados. Recentemente, um grupo envolvendo 34 voluntários se organizou para discutir e propor soluções para redução do impacto ambiental causado pela crescente presença humana no Sertão e assegurar sua preservação a longo prazo.

Essa iniciativa é muito bem-vinda e está em completa sintonia com as prioridades da gestão atual da SASU. Para harmonizarmos os esforços e potencializarmos os resultados, é fundamental todos saberem que, em fevereiro de 2021, 4 grupos de trabalho foram formados para planejar e implantar as ações da associação:

Em Gestão ambiental o foco principal é o gerenciamento dos resíduos sólidos (lixo). Para o programa de Comunicação, estamos revitalizando o site para termos uma área segura para colocar documentos de interesse coletivo. A profissionalização vem sendo debatida em conjunto com o andamento da regularização fundiária, porém, a prioridade é encontrar mecanismos de aumentar a receita: a SASU, hoje, opera no vermelho. A seguir, apresentamos as prioridades elegidas.

PRIORIDADE 1:


MANUTENÇÃO DA LIXEIRA CENTRAL OU DEFINIÇÃO DE UM NOVO LOCAL

O terreno que era cedido à SASU terá que ser devolvido. Como se trata de uma parceria longeva, ainda restam rodadas de diálogo, que envolvem compromissos pela requalificação do espaço.

Neste sentido, há um esforço em andamento para compreender a viabilidade das diferentes alternativas possíveis, sempre primando por soluções compatíveis com o nosso compromisso com a preservação ambiental.

Até o final de abril devemos ter as alternativas definidas, uma previsão dos custos envolvidos e uma proposta de crowdfunding a ser apresentada aos associados


PRIORIDADE 2:

ESTABELECER PARCERIAS PARA A DESTINAÇÃO ADEQUADA DOS RESÍDUOS

Para termos um resultado adequado, é essencial que haja uma destinação correta do lixo reciclado de forma a alimentar uma economia circular. Hoje, a coleta da prefeitura de São Sebastião não é seletiva e não recolhe a totalidade do material. Até o final de abril, teremos um fluxograma fechado e a forma de trabalho. O mais provável é que haja uma pequena taxa por imóvel para viabilizar o combustível da empresa parceira selecionada. Importante destacar que a coleta das cooperativas só se torna economicamente viável se conseguirem encher um caminhão.


PRIORIDADE 3:

BUSCAR APOIO NA MODELAGEM DE UM SISTEMA DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COMPATÍVEL COM A SASU

Para acelerar o projeto com a cooperativa estamos abrindo contato com o Instituto Muda que apesar de não operar no litoral norte pode oferecer uma consultoria. Temos uma proposta de parceria triangular, envolvendo a cooperativa, e que pode interessar ao Instituto e nos ajudar a fazer o diagnóstico do lixo produzido no sertão, estabelecendo metas e ajudando com aspectos educativos. Até o final de abril isso deve estar definido. Vale a pena conhecer o trabalho do Instituto.

Outras iniciativas em curso:

  • Uma especialista em reciclagem de lixo se propôs a desenhar o trabalho em conjunto com a SASU. Na semana do dia 26 haverá uma primeira conversa.
  • Sinalização no local na lixeira para orientação sobre colocação do lixo.
  • Preparação e divulgação de guia com informações sobre o descarte correto de resíduos.

PRIORIDADE 4:

DISSEMINAR A REALIZAÇÃO DA COMPOSTAGEM PELOS ASSOCIADOS

Uma medida, tão simples quanto importante, é incentivar os proprietários, inquilinos, caseiros e funcionários a fazer a compostagem de seus resíduos orgânicos. Isso resultará numa diminuição substancial do volume de lixo nas lixeiras do condomínio e ajudará os jardins, hortas e canteiros a ficarem ainda mais bonitos e saudáveis.

Atualmente estamos reunindo referências de matéria didático para fundamentar a divulgação de recomendações e orientações a vocês, que deverá ocorrer até o final de abril. Complementarmente, estamos planejamento a realização de um Workshop online em maio para demonstração de como montar uma composteira doméstica. Ressaltamos que esta proposta feita por uma associada que é agrônoma.


PRIORIDADE 5:

ELABORAÇÃO DE PLANO DE SINALIZAÇÃO DO SERTÃO DO UNA

A partir da identidade visual da SASU, estamos repensando a comunicação visual das nossas áreas comuns para melhor orientar os frequentadores do Sertão sobre as cuidados e regras de convívio necessários para mantermos a qualidade da nossa vizinhança. A priori, estamos pensando nas seguintes melhorias:

  • Implantação de Banners na portaria e entradas das trilhas com orientações gerais.
  • Discutir, elaborar e divulgar o “manual de boas práticas”.
  • Disponibilizar folhetos para serem distribuídos na portaria a visitantes.

Temos vários desafios nas quatro frentes mencionadas e muita disposição para enfrentá-los. Vemos com muito entusiasmo a chegada dos novos voluntários.

Convidamos todos a participarem de uma reunião virtual no dia 13 de maio para debatermos as ações em andamento e harmonizarmos a contribuição de todos que pretendem colaborar

Pedimos por gentileza que, todos que possuírem sugestões de ação , enviem um resumo da proposta até o dia 5 de maio para planejarmos adequadamente este encontro. Em breve divulgaremos o Formulário de Iniciativas Iniciativas.

Abraço e nos vemos lá!

Evento Administrativo/Jurídico #90

Autos no prazo. [Fomos informados pelos representantes da Fazenda Abras do Una de que a CETESB manifestou-se no processo. Pedimos, por favor, que disponibilizem cópias do processo a partir da fl. 893, incluindo cópia da manifestação do órgão.]

Evento Administrativo/Jurídico #87

Diante da informação da Coordenadoria de Fiscalização Ambiental, determinou-se a intimação de Flavio Furtado de Andrade para o cumprimento integral do Acordo celebrado com o Ministério Público no prazo de dez dias. “Decorrido o prazo sem manifestação, ao MP para que requeira o que entender de direito”.